Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Rapariga do Vestido Amarelo

Os aniversários da minha vida...

Conheço o seu lado mais divertido. Tal como o seu lado mais sério. É amigo dos seus amigos. Uma pessoa sensível. Sabe estar lá, quando precisam. É um pai que tem aturado muito de mim, sim porque sou menina que dá muito trabalho. Um pai que ainda não me ultrapassou na preguiça. Um homem sempre sorridente e brincalhão. Profissional. Sabe aproveitar os bons momentos que a vida lhe tem proporcionado. Tal como também tem sabido lidar com algumas rasteiras que a vida lhe decidiu pregar. É o meu pai e por isso direi sempre que é o melhor, que não há nenhum homem como ele. Nunca ninguém ocupará aquele que é o lugar do homem da minha vida. Bem como nunca ninguém vai tirar o lugar de mulher da minha vida à minha mãe. Sou ainda uma filha que precisa de muito mimo, que apesar de gostar da sua autonomia, gosta de saber que qualquer coisa os pais estarão por perto. Hoje é um dia importante, completas cinquenta primaveras. Ninguém te dá a idade que tens. Que ar de jovem! Quero herdar esses genes. Que venham muitos mais cheios de vida e emoção como tanto gostamos. Porque a vida não tem piada nenhuma, quando não a podemos partilhar junto dos que mais amamos. Parabéns, PAI!


1 comentário

Comentar post