Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Rapariga do Vestido Amarelo

Há sites e sites!

Há sites de tudo e para tudo. Há sites para todos. E há sites para alguns. E depois há aqueles sites que acrescentam valor. Que não são só mais um site a ocupar espaço na rede. Que nos contam histórias e que criam uma integração um bocadinho diferente. Encontrei este site muito por acaso, talvez por ser algo muito recente. Mas os amigos que temos no Facebook às vezes até partilham muito mais do que estados de espírito. E foi o caso da partilha deste site: nascer em portugal.

 

Para enquadrar, o nascer em portugal é uma "plataforma digital e interactiva, com um design responsive, pensada para todos: homens e mulheres, mais ou menos novos, com ou sem filhos. Reportagens, realizadas pela TVI 24 parceira neste projecto, transportam o leitor para o campo da investigação jornalística sobre o tema. Por outro lado, através de entrevistas e testemunhos é revelada uma perspectiva das escolhas e expectativas de pessoas reais. Gráficos dinâmicos e mapas complementam os textos permitindo uma viagem pelos números da natalidade. Informação sobre os países da Europa e os municípios do país também marcam presença nesta obra digital, de acesso gratuito. Apresentada de uma forma verdadeiramente inovadora, esta obra multimédia constitui-se como uma referência essencial para quem quiser saber mais sobre os porquês de ter ou não ter filhos em Portugal." Uma plataforma que poderia ter tudo para ser um site chato e mais maçudo, mas graças à dinâmica do  próprio site e facilidade em encontrar os conteúdos torna-se numa experiência positiva para quem quer saber mais sobre o assunto.

 

nasceremportugal.png

nasceremportugal2.png

 

Este é um site menos óbvio, se o posso classificar assim, que partilha os mais variados conteúdos, desde estatísticas a entrevistas sobre o tema, mas tudo de uma forma muito mais interactiva e inteligente. Qualquer pessoa, em qualquer lugar, pode aceder ao site, uma vez que está optimizado para smartphones ou tablets. Já o próprio design do site está muito simples... Contudo, menos é mais!

 

Gostava tanto que todos os sites recheados de base de dados fossem um bocadinho mais assim, de fácil navegação, com um design menos pesado, uma vez que acho que é possível tornar um site cheio de informação atractivo quando se arruma a casa. Isto é, o site "nascer em portugal" é um muito bom exemplo de como se deve arrumar a informação que queremos disponibilizar aos nossos seguidores ou visitantes.

 

Como partilhei acima, este projecto surge de uma parceria com o canal TVI24. E, por isso, partilho a promo da reportagem:

 

Isto para concluir que é muito óbvio que o tema do próprio site ajuda. Isto é, há sites que poderão estar condenados pelo seu tema. Qualquer pessoa consegue fazer um site sobre música minimamente atrativo e original, já quando falamos de um site com estatísticas possivelmente pensamos o contrário.