Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Rapariga do Vestido Amarelo

Golden Carpet

 

Brilhos

globos_brielarson_calvinklein.jpg

 Briel Arson em Calvin Klein

globos_oliviawilde_michaelkors.jpg

 Olivia Wilde em Michael Kors Collection

globos_katehudson_michaelkors.jpg

 Kate Hudson em Michael Kors Collection

globos_julianamoore_tomford.jpg

 Juliane Moore em Tom Ford

 

Clássicos

globos_jlawrence_dior.jpg

 Jennifer Lawrence em Dior

globos_ladygaga_versace.jpg

 Lady Gaga em Versace

globos_amberheard_gucci.jpg

 

Amber Heard em Gucci

globos_jlo_giambattistavalli.jpg

 Jennifer Lopez em Giambattista Valli

 

Tentar resumir uma red carpet, de uma noite de gala, é um pouco difícil. É preciso um grande poder de seleção, porque foram imensas as estrelas presentes em mais uma edição dos Globos de Ouro. Mais uma vez, há "material" para todos os gostos. E, há mesmo coisas que não mudam. Sou daquelas que defende que noite de gala impõe brilhos e, por isso, criações como as de Michael Kors tornaram a noite ainda mais glamourosa. Depois disso temos as estrelas que não surpreendem, JLawrence em Dior e Gaga em Versace, seria algo expectável, visto que são assíduas em vestir estas marcas. Por fim, destaque para a mais gira... Amber Hear. Adoro-a, mas talvez goste ainda mais do Gucci que usou.

Ser capaz. Ser mulher.

Depois de ler tantas palavras diferentes. Tantos pensamentos tão válidos. Apetece-me falar de nós. Mulheres. Apetece-me tentar ensinar qualquer coisa a quem ainda não nos compreende e continua a afirmar que isto é tudo muito complicado. Quero dizer que não há mulheres ideias, e que se calhar, como li numa crónica, as revistas (destinadas a nós) chegam a banalizar-nos. Não sou menos mulher por não estar casada, com filhos e ter um emprego estável. Não sou menos mulher por estar solteira e poder fazer tudo aquilo que me apetece, mas sempre com olhares de outros juízes. Não sou menos mulher por não gostar assim tanto de cozinhar e preferir (quando posso) uma refeição diferente num restaurante. Não sou menos mulher pelo meu principal objectivo ser uma "mulher de negócios". Empreendedora, é certo. Gestora, logo se vê. Aos homens que continuam a achar que faz parte abrir a porta para a senhora entrar, se calhar não o façam, porque já não precisamos assim tanto de gestos forçados. O cavalheirismo não tem de ser uma coisa só de homens, mas podia. O cavalheirismo não tem de ser algo forçado e obrigado, mas é, em alguns casos, é. Não sou ingrata, injusta. Sou estupidamente agradecida aos homens que continuam a fazê-lo da forma mais genuína e com um sorriso que me faz querer agradecer também de uma forma desinteressada. Contudo, há ainda tanta coisa que não faz sentido para mim. Porque é que as mulheres que apoiam o feminismo têm de ser as revoltadas? Acho que não há "revolta" mais bonita do que aquela que nos permite lutar pela igualdade de género, promover os mesmos direitos para homens e mulheres, tornar o mundo um bocadinho mais justo para todos. 

 

capazes.png

 

Capazes.

4 anos de blogue!

2016-01-05 12.33.10 1.jpg

 

Hoje dia 7 de Janeiro, depois do dia de Reis, faz 4 anos que me transformei na rapariga do vestido amarelo. Hoje dia 7 de Janeiro faz precisamente 1 ano que mudámos de casa para o Sapo Blogs graças a um amigo e profissional que tornou isto possível. As mudanças são uma constante, mas sempre para melhor. Contudo, o facto de ter um horário "diferente" na faculdade faz com que muitas vezes esteja mais cansada para escrever ou, simplesmente, para me inspirar em alguma coisa. Para além do horário, há trabalhos e cadeiras que pedem imensa dedicação, sendo notório o estabelecimento de prioridades. Continuo sempre a fazer um balanço positivo desta experiência, porque as pessoas que vou conhecendo fazem sentido para mim, quer seja bloggers ou tudo o que seja pessoal de agências. Eles fazem parte desta família do blogue. E, talvez, também seja por alguns deles que continuo com vontade de fazer mais e melhor por aqui. Poderia descrever aqui mais duas ou três razões que mantêm este blogue quase sempre activo, mas quero destacar o meu curso de Relações Públicas, que me motiva e me faz acreditar que cada vez mais os blogues podem ser opinions leaders, podem tornar-se profissionais. E a minha ambição é essa... poder trabalhar nisto ou então investir os meus conhecimento numa área próxima disto, dos blogues. Vamos a caminho dos 5 anos...

 

Desejos (ou metas) para 2016!

expectativa.jpg

 

  • Tirar a carta de condução, tirar a carta de condução, tirar a carta de condução - e digo-o de forma até bastante repetida para ver se interiorizo de uma vez por todas que preciso de "tirar a carta de condução". Faltam precisamente 9 aulas de código e estou a rezar para ser uma condutora muito cumpridora de todas e quaisquer leis do código da estrada. 
  • Tentar começar a correr - "tentar", porque já me conheço e sei que isto se vai ficar só pela tentativa, mas estou a precisar. Alguém quer correr comigo? Vamos ali para perto do mar? Carcavelos? Alguém? (fica a minha dica)
  • Beber mais água, comer mais e melhor, não saltar refeições, ser tipo saudável - a tarefa mais difícil de todos os anos é melhorar o estilo de vida, tornando-o mais saudável. Contudo, é difícil porque impomos barreiras não só físicas como mentais... mas eu vou, pelo menos, tentar comer mais e beber muita água.
  • Não chumbar a nenhuma cadeira - já estou no segundo ano da minha licenciatura e até agora só chumbei a uma única infeliz e terrível cadeira, Gestão Empresarial. Eu cá só boa gestora, mas não é de contas.
  • Apaixonar-me - eu acho que não existe verbo, nem momento melhor do que este. Apaixonar. Eu apaixono-me, tu apaixonas-te (adoro! adoro! adoro!). E quando falo em apaixonar-me, não falo de homens, por favor... Não temos necessariamente de nos apaixonar apenas por eles, há alguns que não merecem, enfim. Falo em apaixonar-me mais por projectos, por trabalhos, por pequenas coisas. Falo em "botar paixão" naquilo que faço ou me entrego. E se me der para me apaixonar por alguém, é porque aconteceu e é isso. 
  • Chegar aos vinte com ... - vou fazer vinte anos este ano. Todos me dizem que sou uma bebezinha. Mas é neste ano que vou tentar fazer umas coisinhas que ando a magicar. Talvez uma tatuagem ou piercing. Talvez uma mudança de visual. Talvez uma sessão fotográfica um "bocadinho" diferente. Tudo a seu tempo. Ideias não me faltam. 
  • Menos em tudo - não vou comprometer-me em desleixar-me das redes sociais, porque é impossível para mim e não acho que me faça assim tão mal, aliás fará parte do meu trabalho. No entanto, quero menos más energias, menos complicações ou confusões, menos de tudo o que consuma a minha energia. Odeio gastar energia em coisas ou pessoas que não o merecem. Bora canalizar as nossas boas energias em alguma coisa que nos dê alguma paz mental.

[agora vou a correr arranjar-me para ir também a correr para a faculdade. tirar esta cara de inicio de ano e acordar para a vida. estou a tentar não entrar em pânico com duas apresentações esta semana. com mais dois exames para a semana. e com tanta coisa para fazer no inicio do ano. fui...]

Pág. 2/2